O primeiro Spa 100% vegan e orgânico do país nasceu em Albufeira

Gostava de ir ao SPA e relaxar de uma semana exaustiva? Como se sentiria se soubesse que todos os produtos utilizados nesse espaço são vegan e orgânicos? Fique a saber que já é possível ter esta experiência. 

O espaço localizado à beira-mar abriu no início de agosto (Fotos: D.R.)

O primeiro Spa 100% vegan e orgânico abriu no hotel Califórnia 

O primeiro Spa 100% vegan e orgânico abriu em Portugal, no Hotel Califórnia, em Albufeira. O espaço localizado à beira-mar abriu no início de agosto. 

Abel Correia, diretor do Spa, explicou ao POSTAL que “esta ideia partiu da própria empresa (Details). Foi feita uma análise e percebeu-se que cada vez mais as pessoas se preocupam com esta temática”.

“É importante salientar que estas mudanças ambientalmente sustentáveis são bastante importantes”, afirma o responsável. 

O circuito principal do spa tem a duração de uma hora e meia 

O circuito principal engloba uma hora e meia. “É tempo mais do que suficiente para as pessoas recarregarem baterias. Naturalmente que depois podem visitar o espaço envolvente do hotel como, por exemplo, o Rooftop e ter a vista panorâmica sobre Albufeira e eventualmente voltar ao Spa. A ideia é restabelecer a pessoa de um dia de stresse, de uma semana, um mês, um ano”, explica. 

O circuito principal do spa tem a duração de uma hora e meia 

O hotel tem 40 anos e ao longo do tempo foram agregando várias frações. Neste momento o hotel Califórnia tem 80 quartos. O espaço esteve fechado durante dez meses e foi todo remodelado, sendo que o hotel abriu no dia 1 de junho. “Temos um design inovador, extremamente moderno. Nós temos preços relativamente altos em relação à concorrência aqui à volta. Assim, precisávamos de dar aos nossos clientes condições e produtos que justificassem esse preço”. Quem o diz é Luciano Hagge, diretor do Hotel Califórnia.

“Estivemos em vários sítios: Amsterdão, Londres, Barcelona, Madrid, Frankfurt à procura de conceitos e produtos que pudessem ser agregados ao hotel. Em Barcelona conhecemos uma empresa que é a Scens, que é nossa parceira e lá apresentaram-nos este produto”, acrescenta.

“Não existia em Portugal nenhum espaço 100% vegan e orgânico”

A Scens é uma marca espanhola certificada em produtos orgânicos e vegan e achámos que este poderia seria um ponto diferenciador em Portugal. E foi mesmo: não existia em Portugal nenhum espaço 100% vegan e orgânico”, confidencia. 

O D’Spa é o primeiro spa 100% vegan e orgânico de Portugal

A viagem pelo D’Spa começa com uma bebida de boas-vindas. Depois existe uma sala de massagem que pode ser utilizada individualmente ou por casais. Na zona de tratamentos existe um tratamento Vichy que é uma sala de tratamento com água, o banho turco e uma piscina que é um circuito de tratamento de massagens. Dentro da piscina existem vários equipamentos de massagem à base de ar e água (camas de massagem, cascata, jato e bancos de massagem). 

Luciano Hagge evidencia a competência dos terapeutas que trabalham no D’Spa. “O nosso Spa Manager, o Abel Correia é um ótimo exemplo pois é formado em terapias e é bastante completo. Aliado à qualidade dos produtos existem profissionais de qualidade no Spa”. 

O espaço é aberto ao público em geral 

Este espaço é aberto ao público em geral entre as 10 da manhã e as 20 horas. É possível fazer as marcações diretamente com o hotel através de chamada telefónica, do site ou facebook. 

“Temos tratamentos específicos para grávidas e, por exemplo, nem todas as grávidas podem fazer todo o tipo de tratamentos por uma questão de saúde do bebé. Temos igualmente tratamentos específicos para homens”, afirma o diretor do hotel. Quanto a preços, as pessoas podem vir só utilizar o circuito das águas que inclui a piscina de massagens e o banhho turco que durante 1 hora e meia e pagam 20 euros. Depois existem vários tratamentos que começam nos 50 e podem ir até aos 200 euros, como é o caso de uma experiência de casal, onde está incluída uma garrafa de vinho. Há tratamentos para todos os bolsos. 

As pessoas têm reagido de forma bastante positiva a este novo conceito. “Os nossos visitantes gostam muito pois cada vez mais se preocupam com as questões relacionadas com a sua saúde e também com o impacto que a utilização dos produtos causam no ambiente. Cada vez mais há essa consciencialização”, afirma Luciano Hagge. 

O hotel está a adotar medidas mais amigas do ambiente

No hotel queremos igualmente acabar com os plásticos. “Nós temos uma série de fatores dentro do hotel que vão ao encontro desse conceito, de algo mais ecológico, mais amigo do ambiente”, salienta. 

“As nossas palhinhas são, por exemplo, todas em metal ou papel. Os cabides dos quartos são em cartão reciclado. E ainda existe a opção de abdicar da limpeza do quarto e ganhar algo com isso, ajuda o ambiente, poupa água na lavandaria, tempo das pessoas e em contrapartida pode ganhar um voucher. É uma coisa que vai complementar a outra”. O hotel Califórnia é certificado por um galardão internacional de boas práticas ambientais, a Green Key e teve um investimento que rondou os 300 mil euros. 

Luciano Hagge termina referindo que “este é um projeto piloto e a ideia é levar o conceito do D’Spa orgânico e vegan para os outros hotéis do grupo”. 

(Stefanie Palma / Henrique Dias Freire)

Facebook Comments

Comentários no Facebook