Apreendidas duas teias com 62 armadilhas de gaiola na Ria Formosa

Apreendidas duas teias com 62 armadilhas de gaiola na Ria Formosa

220
PARTILHE
- PUB -

A Polícia Marítima de Olhão desencadeou, nos dias 29 e 30 de setembro, ações de fiscalização com o intuito de reprimir atividades de pesca ilegais no interior da Ria Formosa.

Covos continham alguns polvos vivos que foram devolvidos ao mar (Foto D.R.)

No âmbito destas ações, foram detetadas e apreendidas “duas teias de armadilhas de gaiola, no total de 62 armadilhas, vulgarmente designadas por covos, cuja utilização no interior da Ria Formosa apenas está prevista para a captura de enguia”, explica a Autoridade Marítima em comunicado.

Estes covos continham alguns exemplares de polvo no seu interior que, por ainda se encontrarem vivos, foram imediatamente devolvidos ao seu habitat natural.

O Comando-local da Polícia Marítima de Olhão, no âmbito das suas competências, continuará “a desenvolver ações de fiscalização e investigação com vista a detetar e reprimir este tipo de atividades”.

(CM)

Facebook Comments

Comentários no Facebook