GNR apreende armas em oficina ilegal de Olhão

GNR apreende armas em oficina ilegal de Olhão

498
PARTILHE
As armas apreendidas pelos militares da GNR
As armas apreendidas pelos militares da GNR

Uma oficina ilegal de Olhão foi o alvo da operação da GNR de Loulé, durante a tarde de ontem, de que resultou a apreensão de armas ilegais.

A acção policial fez ainda um detido, um cidadão português de 42 anos de idade, indiciado pelo crime de detenção de arma proibida.

Os militares do Núcleo de Investigação Criminal (NIC) da Guarda Nacional Republicana (GNR) de Loulé actuavam no âmbito de um inquérito a cargo da 1.ª Secção do Ministério Público do DIAP daquela cidade e durante a busca, revela a GNR, “foi possível apreender diverso armamento que se encontrava nas instalações, nomeadamente duas pistolas calibre 7.65mm, uma pistola de alarme, várias munições, uma faca de abertura automática e ainda uma pequena quantidade de produto estupefaciente”.

As diligências investigatórias relacionadas com um crime de ameaças agravadas, perpetrado no ano passado em Loulé, conduziram a uma oficina de mecânica automóvel localizada em Olhão, propriedade do suspeito e que se verificou funcionar de forma ilegal.

O armamento que encontrava-se dissimulado no interior da oficina e em espaços anexos à mesma, decorrendo investigações complementares no âmbito do presente inquérito.

Facebook Comments

Comentários no Facebook