Investigadoras da Universidade do Algarve premiadas nas Jornadas do Arade

Investigadoras da Universidade do Algarve premiadas nas Jornadas do Arade

523
PARTILHE
Dois prémios distinguiram trabalhos de investigação do CIMA
Dois prémios distinguiram trabalhos de investigação do CIMA

O Centro de Investigação Marinha Ambiental (CIMA) da Universidade do Algarve arrebatou duas menções honrosas que distinguiram o trabalho de investigação realizado acerca de temáticas relacionadas com o Rio Arade.

Por detrás das duas distinções estão as investigadoras Ana Gomes e Cátia Correia, premiadas nas Primeiras Jornadas do Arade, e os trabalhos ‘À descoberta da riqueza invisível do estuário do Arade: As diatomáceas e a sua distribuição ecológica’ e ‘Variabilidade das características físicas e químicas da água ao longo do estuário do Rio Arade – influência de diferentes escalas temporais no Baixo Estuário’.

Captura de ecrã 2016-03-23, às 15.08.59A informação divulgada pela Universidade do Algarve recorda que as Jornadas do Arade tiveram como objectivo “abordar temáticas transversais, que tinham em comum a promoção do desenvolvimento socio-económico sustentado e a divulgação do património cultural da Bacia do Arade, a criação de uma parceria forte com os municípios de Portimão, Lagoa, Silves e Monchique para a organização conjunta do projecto, bem como a apresentação de comunicações livres, de forma a estimular a comunidade científica e a sociedade civil a participarem activamente neste projecto”.

Facebook Comments

Comentários no Facebook