AMAL adere à metodologia ‘Design Thinking’

AMAL adere à metodologia ‘Design Thinking’

688
PARTILHE
unnamed
O conceito de Design Thinking, que foi explorado durante o workshop, procura trabalhar a capacitação de novas competências

A Comunidade Intermunicipal do Algarve – AMAL teve a oportunidade de promover o workshop ExperienceInnovation, na passada terça-feira, dia 22, e utilizar um simulador de inovação. Foi uma estreia a nível europeu, a desta nova abordagem ao Design de serviços e sistemas centrados nas pessoas, junto da administração local.

O conceito de Design Thinking, que foi explorado durante o workshop, procura trabalhar a capacitação de novas competências através da mudança de perspectiva ou do modelo organizacional a utilizar, promovendo a aquisição de conhecimentos práticos e adequados ao planeamento e gestão do “ciclo de inovação”.

Por sua vez, o simulador de inovação é um sistema avançado desenvolvido pela reputada IDEO que permite desenvolver novas competências e analisar o impacto de determinadas acções num processo, possibilitando avaliar o nível de adesão à inovação. Trata-se de uma abordagem nova que se centra nas ambições e desejos dos destinatários com o objectivo de melhor definir as soluções e deste modo integrar as mesmas no processo de inovação.

Segundo a empresa ExperiencePoint, “no domínio da Administração Local a AMAL é pioneira na aplicação do simulador fora do continente Americano, juntando-se a um grupo ainda restrito composto pelas cidades de Washington DC, capital dos EUA, e Otava, capital do Canadá”.

Com o workshop ExperienceInnovation, assente num modelo colaborativo centrado nas pessoas, a AMAL procurou maximizar, junto dos seus técnicos e os dos municípios que participam em projectos intermunicipais, a integração de processos de inovação com sucesso, bem como a sua incorporação nas suas estratégia e cultura organizacional.

Encabeçado pela AMAL e cofinanciado pela Secretaria de Estado da Administração Local no âmbito do Despacho n.o 5119-B/2015, o Projecto #MaisPartilha visa preparar a concertação, agregação ou integração operacional para disponibilização de serviços numa lógica multimunicipal padronizada e eficiente, dando sequência aos projectos já promovidos no domínio da Modernização Administrativa e aprofundando a aposta neste domínio para projectos futuros.

Facebook Comments

Comentários no Facebook