Atletas do Clube de Artes Marciais de Altura são campeões nacionais

Atletas do Clube de Artes Marciais de Altura são campeões nacionais

933
PARTILHE
- PUB -
Cerca de 40 atletas, entre os 4 e os 55 anos, aprendem ju-jitsu, judo e iaido
Cerca de 40 atletas, entre os 4 e os 55 anos, aprendem ju-jitsu, judo e iaido

O Clube de Artes Marciais de Altura (CAMA) formou este ano três campeões nacionais de judo e ju-jitsu. Tendo por divisa a solidariedade e a entreajuda entre os associados, o cube, a funcionar desde 2007 em Altura e dirigido pelo mestre Reinaldo Aquilino, orgulha-se de poder apoiar o treino de atletas com muito potencial.

Cerca de 40 atletas, entre os 4 e os 55 anos, dedicam-se, neste clube, à aprendizagem das artes marciais de ju-jitsu, judo e iaido. Reinaldo Aquilino dedica-se quase exclusivamente a este clube e fala com paixão sobre as vitórias conquistadas de ano para ano, com a angariação de cada vez mais atletas e o reconhecimento do esforço nas vitórias de cada um, “quase todos os nossos atletas conquistaram títulos regionais e nacionais”, afirma, enumerando a seguir todas as conquistas individuais.

Clube é dirigido pelo mestre Reinaldo Aquilino
Clube é dirigido pelo mestre Reinaldo Aquilino

Treinos diários, talento e muita disciplina, é o cocktail dos atletas do CAMA que têm vindo a destacar-se no judo e no ju-jitsu. Este ano, Mike Maik Verheij e Rui Estevão sagraram-se campeões nacionais de ju-jitsu, nas categorias júnior e sénior, respectivamente, e Denis Dinga, com 13 anos (juvenil), conquistou o título de vice-campeão na mesma modalidade, tendo sido, em 2015, o campeão nacional. Referenciando o ano anterior, Rui Estevão havia já conquistado o título de vice-campeão nacional de ju-jitsu, pertencendo o título de campeão ao atleta Guilherme Brandão, que este ano, por razões familiares, não pode comparecer no campeonato.

“Para o futuro gostávamos de apostar mais em formação, a nível nacional e internacional, para conseguirmos crescer, dar melhores condições aos atletas e representar Castro Marim o melhor possível”, garante Reinaldo Aquilino.

Reconhecendo o excelente trabalho desenvolvido e no âmbito da sua política recreativa, cultural e desportiva, que tem passado por apoiar economicamente as associações e clubes do concelho no desenvolvimento dos seus programas de actividades, a Câmara de Castro Marim, está a preparar um contrato-programa com o Clube para 2017.

Facebook Comments

Comentários no Facebook