Osvaldo Gonçalves quer ‘fortalecimento da segurança’ em Alcoutim

Osvaldo Gonçalves quer ‘fortalecimento da segurança’ em Alcoutim

619
PARTILHE
- PUB -
Os novos Contratos vão ter três tipologias, designadamente “MAI Município”, “MAI Bairro” e “MAI Cidadão”

Osvaldo Gonçalves solicitou esta quarta-feira a Isabel Oneto o envolvimento do Ministério da Administração Interna no “fortalecimento da segurança de pessoas e bens” em Alcoutim, tendo aproveitado a visita da Secretária de Estado Adjunta e da Administração Interna ao Algarve para abordar diversos assuntos relacionados com a segurança e com as condições em que a Guarda Nacional Republicana desenvolve a sua actividade no concelho.

O presidente da Câmara, Osvaldo Gonçalves, o vice-presidente, Paulo Paulino, assim como o comandante territorial da GNR, Carlos Silva Gomes, receberam, esta quarta-feira, e, Alcoutim, a Secretária de Estado Adjunta e da Administração Interna, Isabel Oneto.

Isabel Oneto visitou Alcoutim para apresentar os Contratos Locais de Segurança (CLS) da Nova Geração, apresentando o seu enquadramento, modelo organizacional e etapas do processo.

Os CLS têm como objectivo reduzir “as vulnerabilidades sociais” e a “prevenção da criminalidade e da delinquência juvenil”. A nova geração de CLS pretende “encontrar respostas adequadas às especificidades sócio-criminais de cada território e promover a cooperação entre a administração central, as autarquias e as comunidades locais”.

Os novos Contratos vão ter três tipologias, designadamente “MAI Município”, “MAI Bairro” e “MAI Cidadão”.

O “MAI Município” terá uma abrangência municipal e será direccionado para a prevenção geral da criminalidade e para o aumento do sentimento de segurança das populações, enquanto o “MAI Bairro” vai ter uma intervenção mais localizada e é vocacionado para a prevenção criminal, nomeadamente delinquência juvenil. Já o “MAI Cidadão” visa responder a situações pontuais, como turismo e movimentos migratórios.

Facebook Comments

Comentários no Facebook