Alcoutim volta aos tempos do contrabando com recriação histórica

Alcoutim volta aos tempos do contrabando com recriação histórica

1650
PARTILHE
Visitantes vão poder viajar no tempo e reviver a história da região
Visitantes vão poder viajar no tempo e reviver a história da região

A vila de Alcoutim vai ser palco da recriação do quotidiano do final da década de 30 e década de 40 do século passado, no âmbito do Festival do Contrabando.

O evento decorrerá nos próximos dias 24, 25 e 26 de Março e a Câmara de Alcoutim já assinou o contrato de fornecimento de serviços com a empresa Passado Vivo para a execução da recriação histórica

O festival contará com animação histórica, musical, expositiva com uma componente de recriação histórica, oficinas pedagógicas, animação de rua e música ao vivo, baseado no contexto da região de Alcoutim e Sanlúcar de Guadiana, no contrabando e na sua importância para a região.

Durante os três dias, a vila de Alcoutim e Sanlúcar de Guadiana serão cenário para o desfile de personagens típicas da época, como a Guarda Fiscal, os contrabandistas, o agricultor, o pescador, a ceifeira, os artistas e artesãos, os vendedores ambulantes, ardinas, amoladores entre outros personagens que povoarão as ruas, as individualidades, que hoje fazem parte da história, ganham nova vida e dão-se a conhecer permitindo aos visitantes viajar no tempo, e reviver a história da região da Raia do Guadiana.

As artes e ofícios características da região estarão representadas no evento com artesãos a trabalhar ao vivo, enquadrados no mercado de época onde os visitantes poderão encontrar produtos locais e produtos enquadrados na temática do Contrabando.

“Será como se o tempo tivesse parado e voltássemos a viver nos finais da década de 30, década de 40, durante a Guerra Civil Espanhola e dealbar da Segunda Guerra Mundial”, afirma a autarquia alcouteneja em comunicado de imprensa.

O evento é organizado pela Câmara de Alcoutim em parceria com o Ayuntamiento Sanlúcar de Guadiana, que conta com o apoio do Governo de Portugal, Turismo de Portugal, Região de Turismo do Algarve, 365 Algarve, Junta de Andalucia e Mancomunidad da Betúria.

Facebook Comments

Comentários no Facebook