AGROTUR traz produtores locais para a net

AGROTUR traz produtores locais para a net

860
PARTILHE
catalogo agrotur(1)
Cachopo e Santa Catarina da Fonte do Bispo são as freguesias de Tavira que integram o projecto

Tavira acolheu a última sessão de apresentação do Catálogo AGROTUR composto por cerca de 500 produtos regionais de 80 produtores e de oito municípios diferentes, aos quais pertencem as 26 freguesias de territórios de baixa densidade no Algarve inseridas no projecto.

O estudo da Universidade do Algarve sobre as relações entre os produtores e as empresas locais, “Diagnóstico da Oferta e Procura de Produtos Agro-alimentares na Região do Algarve e Avaliação do Potencial de Consumo Interno de Bens e Serviços Locais do Sector do Turismo”, revelou que apenas 30% dos produtos comprados pela hotelaria e restauração da região são algarvios. João Amaro, responsável pelo projecto, encara com optimismo esta situação que, “apesar de negativa, mostra que há ainda muito caminho para percorrer, estando agora reunidas as condições para melhorar este aspecto”.

Projecto AGROTUR quer aumentar proximidade entre produtores e empresas do sector do turismo

Aumentar o consumo dos produtos agro-alimentares locais, no sector do turismo, e dar visibilidade aos produtores locais, aproximando-os dos sectores da hotelaria e da restauração, são por isso os principais objectivos desde projecto que surgiu em 2016 pelas mãos do NERA, da Universidade do Algarve e da Tertúlia Algarvia.

Para isso importa, segundo João Amaro, “melhorar e aumentar as relações comerciais entre os produtores agro-alimentares e as empresas do sector do turismo; reduzir as importações de produtos oriundos de outros países; melhorar os conhecimentos e competências dos produtores locais; aumentar a notoriedade dos produtos no que respeita à sua qualidade; e aumentar as vendas dos produtos e produtores agro-alimentares dos territórios de baixa densidade do Algarve.

Actualmente trabalham no projecto 12 pessoas mas já estiveram envolvidas cerca de 100 empresas nas diversas actividades desenvolvidas, nomeadamente oito laboratórios criativos para o desenvolvimento de novos produtos para a hotelaria e restauração; 48 acções de capacitação e técnica de proximidade em diferentes temáticas; 40 acordos de cooperação entre os sectores agro-alimentar e turístico; encontros B2B para fins comerciais; oito roadshows de sensibilização e demonstração de produtos agro-alimentares locais; um catálogo on-line de produtos agro-alimentares locais; um relatório de oportunidades e constrangimentos para o aumento de consumo destes produtos no sector do turismo; e 26 acções de sensibilização e disseminação do projecto.

Catálogo está disponível on-line

No catálogo on-line, disponível em www.catalogoagrotur.pt, é possível encontrar uma vasta lista de produtos agro-alimentares disponíveis nos territórios de baixa densidade do Algarve: Tavira (Cachopo e Santa Catarina da Fonte do Bispo), Alcoutim (Giões, Martim Longo, Alcoutim e Pereiro e Vaqueiros), Aljezur (Aljezur, Bordeira, Odeceixe e Rogil), Castro Marim (Azinhal, Castro Marim, Odeleite e Altura), Loulé (Alte, Ameixial, Salir, Querença, Tôr e Benafim), Monchique (Alferce, Marmelete e Monchique), Silves (São Marcos da Serra) e Vila do Bispo (Barão de São Miguel, Budens, Vila de Sagres e Vila do Bispo e Raposeira).

Toda a informação sobre produtos e produtores pode ser consultada on-line, assim como os respectivos contactos, formas preferenciais de encomenda, capacidade de escoamento ou modalidades de pagamento.

Facebook Comments

Comentários no Facebook