Prisão preventiva para jovem suspeito de violação e roubo a idosa

Prisão preventiva para jovem suspeito de violação e roubo a idosa

731
PARTILHE
martelo-de-justic%cc%a7a
O detido tem 18 anos e cometeu, alegadamente, os crimes na casa da vítima

A Polícia Judiciária (PJ) deteve um homem suspeito de roubo e violação de uma idosa, ocorridos antes do Natal, em Loulé, que ficou em prisão preventiva após ser apresentado em tribunal para primeiro interrogatório judicial, foi esta segunda-feira, 8 de Janeiro, anunciado.

O detido tem 18 anos e cometeu alegadamente os crimes na casa da vítima, no concelho de Loulé, onde entrou na noite de 23 de Dezembro, precisou a PJ num comunicado.

O Ministério Público da Comarca de Faro também anunciou esta segunda-feira que o detido vai aguardar julgamento em prisão preventiva, num comunicado em que precisou que “os factos ocorreram em Quarteira”, cerca das 22 horas, quando o arguido “terá entrado, por arrombamento, na casa da vítima, de 85 anos de idade”.

“Depois, terá ameaçado e violado a ofendida, tendo também feito seu o dinheiro que encontrou na habitação”, referiu o Ministério Público no comunicado.

A mesma fonte precisou que o “arguido ficou sujeito a prisão preventiva”, que o inquérito está a ser “dirigido pelo Ministério Público do Departamento de Investigação e Acção Pena de Faro” e que a detenção “foi levada a cabo pela Polícia Judiciária de Faro, órgão de polícia criminal que coadjuva o MP nesta investigação”.

Por seu turno, a PJ esclareceu que “o detido estroncou a fechadura da porta principal da casa da vítima” e, já dentro da casa, “apropriou-se de dinheiro e de artigos de joalharia”.

“Em sequência, obrigou a vítima a manter relações sexuais com ele”, acrescentou a PJ.

Facebook Comments

Comentários no Facebook