Manuel Alegre encontra-se com os leitores na Biblioteca Municipal de Olhão

Manuel Alegre encontra-se com os leitores na Biblioteca Municipal de Olhão

885
PARTILHE

 

manuel alegre
Manuel Alegre foi preso pela PIDE e passou seis meses na Fortaleza de S. Paulo, em Luanda, onde escreveu grande parte dos poemas do seu primeiro livro, Praça da Canção (Foto D.R.)

O escritor Manuel Alegre encontra-se dia 14 de Abril pelas 15 horas com os leitores na Biblioteca Municipal Mariano Gago. Manuel Alegre está em destaque por ser o autor do mês na Biblioteca Municipal de Olhão.

Manuel Alegre nasceu em Águeda, em 1936. Estudou na capital, no Porto e em Coimbra.

Em 1961, foi mobilizado para Angola. Preso pela PIDE, passou seis meses na Fortaleza de S. Paulo, em Luanda, onde escreveu grande parte dos poemas do seu primeiro livro, Praça da Canção.

Regressou a Portugal, depois de uma passagem por Argel, após o 25 de Abril de 1974.

Dirigente histórico do Partido Socialista desde esse mesmo ano, foi vice-presidente da Assembleia da República e membro do Conselho de Estado.

O escritor estudou em Lisboa, no Porto e em Coimbra (Foto D.R.)
O escritor estudou em Lisboa, no Porto e em Coimbra (Foto D.R.)

A sua vasta obra literária inclui o romance, o conto, o ensaio, mas sobretudo a poesia que tem sido amplamente difundida e aclamada.

Foram-lhe atribuídos os mais distintos prémios literários: Grande Prémio de Poesia da APE-

CTT, Prémio da Crítica Literária da AICL, Prémio Fernando Namora, Prémio Pessoa, Prémio Dom Dinis, Prémio Vida Literária da Associação Portuguesa de Escritores, Prémio de Consagração de Carreira da Sociedade Portuguesa de Autores e, em 2017, o Prémio Camões.

Auto de António, de 2017 é o mais recente livro de Manuel Alegre e debruça-se sobre o último Príncipe de Avis, Dom António Prior do Crato, herói da História de Portugal que sempre fascinou o escritor.

(Maria Simiris / Henrique Dias Freire)

Facebook Comments

Comentários no Facebook