Prémios Excelência: Carlos Lopez – Cano Vieira, o professor universitário e conferencista...

Prémios Excelência: Carlos Lopez – Cano Vieira, o professor universitário e conferencista internacional

1221
PARTILHE

 

Carlos Cano Vieira3O POSTAL revela mais uma Personalidade que vai ser homenageada com o Prémio Excelência – Gala Postal 30 anos, no Casino de Vilamoura, esta sexta-feira, dia 20 de Abril.

Carlos Isidoro Lopez Cano Vieira tem 69 anos e nasceu em Lima, no Perú. Em 1997 foi naturalizado português e reside em Portimão. É doutorado, com nota máxima, em Gestão de Empresas e foi docente em inúmeras faculdades, como no Peru e nos Estados Unidos.

Chegou a ser director do Núcleo de Gestão Estratégica e Secretariado da EGHT da Universidade do Algarve, assim como presidente da Assembleia Geral do Instituto de Cultura Ibero-Atlântico. Foi membro representante da Câmara de Portimão na Assembleia Geral da EMARP e coordenador científico do Projecto “ATIVAR TAVIRA”. Exerceu ainda funções como director nacional de Formação em Turismo no Peru e fez parte do Secretariado Nacional de Relações Internacionais do Partido Aprista, também do Peru.

- Pub -

Com um currículo invejável, Carlos Vieira, foi conferencista em diversas faculdades como Reino Unido e Equador e é actualmente docente da ESGHT da Universidade do Algarve, onde dá aulas de Estratégia de Empresas e Teoria Organizacional.

Tem dois filhos e assume que o que mais aprecia na região do Algarve são as pessoas, o clima, a comida e a cultura.

CRONOLOGIA

18/09/1948 – Nascimento

1991 – Casamento

23/12/1992 – Nascimento do filho

20/06/1994 – Nascimento da filha

16/10/2009 – Recebeu o prémio Presidential Award – Statewide Hispanic Chamber of Commerce of New Jersey

13/04/2010 – Torna-se Doutor Honoris Causa da Universidade Garcilaso de la Vega no Peru

13/10/2012 – Recebe o prémio Orgulho Peruano , ente os 100 peruanos mais destacados do mundo

14/07/2017 – Termina o doutoramento após 10 anos de investigações e menção de Excelência Cum Laude pela Universidade Politécnica de Cartagena

Comentários no Facebook