Autarquia aprova fim de contrato com utentes do Parque de Campismo da...

Autarquia aprova fim de contrato com utentes do Parque de Campismo da Praia de Faro

589
PARTILHE
Os utentes terão de sair dia 15 de Setembro de 2019 (Foto: D.R.)
Os utentes terão de sair dia 15 de Setembro de 2019 (Foto: D.R.)

A Câmara Municipal de Faro anunciou ontem, terça-feira, dia 4 de Setembro, em comunicado, que em 15 de Setembro de 2019, irá denunciar o contrato de comodato com a Associação de Utentes e Amigos do Parque de Campismo da Praia de Faro (AUAPCPF).

Este foi um passo aprovado por unanimidade, no dia 3 de Setembro, em reunião de Câmara, que abrirá caminho para a saída das pessoas que utilizam o espaço, bem como para a requalificação do equipamento. O objectivo é reabrir posteriormente, em pleno, como parque de campismo.

Em comunicado pode ler-se ainda que: “foi também lançado na plataforma electrónica de aquisições do Estado o procedimento concursal para escolha da empresa que realizará a empreitada de edificação de um parque de campismo na Praia de Faro, estimando-se que o referido concurso leve um ano até estar concluído e se iniciem os trabalhos”.

Recorde-se que a autarquia cedeu à AUAPCPF, em 2010, o usufruto do espaço onde funcionou, em tempos, o antigo parque de campismo da Praia de Faro e que fora encerrado, em Junho de 2003, por despacho do Presidente da Autarquia na altura, José Vitorino.

“O referido comodato permitia a utilização deste espaço, em exclusividade, pelos associados da AUAPCPF até 31 de Dezembro de 2010, sendo renovável automaticamente por períodos de 60 dias”, explica o comunicado.

Ainda segundo o mesmo: “A aprovação pela unanimidade dos vereadores da proposta do Presidente da Câmara Municipal é de importância capital e vai ao encontro dos anseios da população, que há muito se vinha manifestando favorável à recuperação deste espaço para utilização pública, de livre acesso e gerido como empreendimento dentro dos padrões legalmente exigíveis a equipamentos desta natureza. Para a autarquia este constitui um passo fundamental para o desenvolvimento económico e para a afirmação turística da praia e do Concelho de Faro”.

O projecto abrange 200 lotes para tendas e 24 para autocaravanas.

(Maria Simiris / Henrique Dias Freire)

Facebook Comments

Comentários no Facebook