Francisco Louçã vem a Loulé falar sobre finanças, incêndios e outros riscos

Francisco Louçã vem a Loulé falar sobre finanças, incêndios e outros riscos

514
PARTILHE
francisco louca
Francisco Louçã, antigo deputado e antigo líder do Bloco de Esquerda (Foto: D.R.)

“Portugal em risco: Dos incêndios à pirataria financeira” é o tema que Francisco Louçã, antigo deputado e antigo líder do Bloco de Esquerda, irá trazer ao Ciclo de Conferências “Horizontes do Futuro”, no próximo dia 20 de Setembro, quinta-feira, pelas 21.30 horas, no Salão Nobre dos Paços do Concelho de Loulé.

Francisco Louçã (nascido em Lisboa, em 1956) é economista, professor catedrático no ISEG, Universidade de Lisboa, e investiga temas de Macroeconomia, Finanças e História das Ideias Económicas.

Participou na luta contra a ditadura e a guerra no movimento estudantil dos anos setenta. Aderiu à LCI, seção portuguesa da Quarta Internacional, em 1973, (transformada em PSR em 1979), e fez parte da sua estrutura da direcção aquando do 25 de Abril de 1974, participando na luta política desde então.

Foi fundador do Bloco de Esquerda, em 1999, e membro da sua direção desde essa data. Foi deputado entre 1999 e 2013: eleito por Lisboa em 1999, reeleito em 2002, 2005, 2009 e 2011. No Parlamento, dirigiu a bancada do Bloco de Esquerda durante alguns anos e fez parte de várias comissões de inquérito. Pertenceu às comissões da área de Economia e Finanças e, durante uma legislatura, fez igualmente parte da Comissão de Liberdades, Direitos e Garantias.

Participou como convidado em diversos fóruns, cimeiras e conferências políticas em diversos países, como a França, Inglaterra, Alemanha, Espanha, Suíça, Países Baixos, Bélgica, Brasil, Chile, Uruguai, Paraguai, Nicarágua, Equador, Colômbia e Argentina.

Foi eleito membro do Conselho de Estado em Dezembro de 2015, pela Assembleia da República.

Autor de várias obras, as suas publicações mais recentes são, em co-autoria, Isto é um Assalto, com Mariana Mortágua (2013), Os Burgueses, com João Teixeira Lopes e Jorge Costa (2014), A Solução Novo Escudo, com João Ferreira do Amaral (2015).

Escreveu ou fez crónicas de rádio em diversos órgãos de comunicação social (O Jornal, Público, TSF, Antena 1, etc.) e tem tido também uma presença assídua na televisão como comentador.

Esta iniciativa tem entrada livre.

Recorde-se que o Ciclo “Horizontes do Futuro” nasceu há cerca de uma década e continua a afirmar-se no programa cultural e de participação cívica no concelho de Loulé.

Facebook Comments

Comentários no Facebook