Para uma melhor gestão da artrite infantil

Para uma melhor gestão da artrite infantil

293
PARTILHE

 

A OPINIÃO de BEJA SANTOS;
Assessor do Instituto de Defesa do Consumidor;
Consultor do POSTAL

A literacia em saúde, dentro da promoção e prevenção da saúde, tem evoluído muito favoravelmente, produzem-se hoje documentos extraordinários, que permitem aos doentes apostar em comportamentos que dêem mais conforto e uma vida com melhor qualidade. Veja-se esta brochura ou livro infantil dedicado à artrite infantil, promovido pela ANDAI – Associação Nacional dos Doentes com Artrites e Reumatismos da Infância.

Sensibiliza-se a criança que podemos sofrer das articulações e que há uma doença reumática que dá pelo nome de Artrite Idiopática Juvenil, porque as doenças reumáticas não são exclusivas dos adultos e dos seniores, podem aparecer em crianças que ficam com as articulações inflamadas. Aqui se explica que o joelho é a região mais afectada, mas também o tornozelo, o punho e qualquer outra articulação, e às vezes por tempo prolongado, podem demorar anos: são inflamações das articulações, apresentam-se de formas diferentes em cada criança. Há crianças que além das articulações doentes têm também febre, manchas vermelhas no corpo e outros órgãos internos afectados, a criança não consegue dobrar-se ou esticar-se com estas dores articulares.

Daí a necessidade de ter medicação para aliviar as dores e diminuir a inflamação ou inchaço. Quando se tem as articulações inflamadas, pode ser desejável pôr um saco de gelo, dói menos e a articulação fica menos inchada.

Esta elucidativa brochura ajuda a compreender a vantagem de fazer exercícios, como jogar à bola, há desportos que se podem praticar, compete ao médico informar quais os desportos que são mais indicados para a criança. Porque quando se está pior é natural que não se possa correr e até mesmo saltar à corda, mas pode ser que seja recomendado andar de bicicleta ou nadar. Há que montar estratégias para que as articulações dos dedos não precisem de se cansar para escrever, existem talas que nos apoiam e ajudam a ficar na posição correcta. A criança deve sentar-se numa cadeira apropriada à sua idade; recomenda-se que durma com colchão duro e almofada baixa, roupa de cama leve tipo edredão e pijama que ajude a manter o calor do corpo para que as articulações não fiquem tão “presas quando te levantas”.

A criança com artrite infantil deve levar o material escolar numa mochila bem ajustada às costas e a descansar várias vezes ao dia, há instrumentos que dão conforto às partes do corpo mais afectadas pelas inflamações. A criança com artrite infantil vai regularmente ao médico, não descura nem o oftalmologista nem o pediatra. Por vezes a criança precisa de ser hospitalizada, aí pode comparar outras doenças e comunicar, pode aproveitar para fazer amigos e aprender coisas novas.

Facebook Comments

Comentários no Facebook