Cortiça, cana, musgo e pedras de ribeira dão vida ao Presépio da...

Cortiça, cana, musgo e pedras de ribeira dão vida ao Presépio da Cortelha [com fotogaleria]

427
PARTILHE

 

O Presépio da Cortelha, aldeia serrana do concelho de Loulé, foi inaugurado no passado sábado e está patente ao público no largo da associação, até 6 de Janeiro. Além do muito trabalho da população local para a construção do presépio foram fundamentais os materiais da zona.

Depois de largas semanas a apanhar musgo, a procurar os melhores canudos de cortiça, a carregar as pedras da ribeira para a construção do cenário do nascimento de Jesus, a população da Cortelha orgulha-se agora de poder mostrar o seu presépio.

Pelo presépio, mas também pelas belas paisagens que a Serra do Caldeirão oferece nesta altura do ano ou pela saborosa gastronomia que os restaurantes locais cozinham, todos os anos são muitos os visitantes que se deslocam até à Cortelha para apreciar esta atracção.

Recorde-se que esta tradição de montar e construir o presépio em cortiça na Cortelha teve inicio em 2004, quando a aldeia se candidatou ao Concurso de Presépios das Aldeias do Algarve, uma iniciativa da CCDR Algarve e obteve o primeiro lugar. A partir daí, todos os anos pela altura do Natal, os habitantes juntam-se e começam a preparar os materiais e a tentar encaixá-los no cenário idealizado para a montagem do presépio.

A inauguração realizou-se em clima de festa, com a participação dos alunos da Escola Primária da Cortelha e com um lanche convívio, tendo antes ainda aparecido o “Pai Natal” para ofertar alguns presentes aos mais novos.

A cerimónia contou com a presença do presidente da Associação dos Amigos da Cortelha, Rui Marcos, e pelo presidente da Junta de Freguesia de Salir, Deodato João.

 

Facebook Comments

Comentários no Facebook