Detido burlão imobiliário no Algarve

Detido burlão imobiliário no Algarve

817
PARTILHE
O arguido apresentava-se como investidor estrangeiro milionário (Foto: D.R.)

Um homem de 65 anos, de nacionalidade portuguesa e residente no Canadá, foi detido por suspeitas da prática de crimes de burla qualificada na forma tentada e de falsificação de documentos.

Conforme avança o Ministério Público em comunicado, “o arguido contactava alegadamente proprietários de imóveis no Algarve, apresentando-se como investidor estrangeiro milionário. Para sustentar esta tese, há suspeitas de que exibia às vítimas documentos falsos sobre as suas alegadas contas bancárias, de forma a convencê-las a entregarem-lhe quantias monetárias tendo em vista futuros negócios que prometia realizar”.

O arguido tem antecedentes criminais por crime de burla cometido no Canadá, pelo qual foi condenado a pena de prisão.

O homem está proibido de se ausentar de Portugal, de contactar os ofendidos e obrigado a apresentar-se duas vezes por semana no posto policial.

O inquérito é dirigido pelo MP da 2ª secção de Faro do DIAP de Faro, com a coadjuvação da Directoria de Faro da Polícia Judiciária.

Facebook Comments

Comentários no Facebook