Algarve Trade Experience reúne produtores de vinho em Faro e partilha sabores...

Algarve Trade Experience reúne produtores de vinho em Faro e partilha sabores e ideias

532
PARTILHE

Este slideshow necessita de JavaScript.

Faro recebeu, pela primeira vez, o maior evento do setor de bebidas da região. Nos dias 1 e 2 de março entre o museu cultural de Faro e a antiga fábrica da cerveja foi realizado o Algarve Trade Experience, organizado pela Garrafeira Soares.

A 7ª edição, que tem como slogan “Together let’s create a blue ocean shift”, foca-se na preservação e no impacto que a indústria das bebidas tem na vida marinha e na poluição oceânica. Desta forma, pretende alertar os participantes do evento para a problemática, que todos os dias se agrava cada vez mais, a ameaça aos ecossistemas marinhos e oceânicos.

O Algarve Trade Experience reúne os produtores com os clientes algarvios numa troca de sabores e ideias sobre gostos e experiências. “É uma forma de também apresentarmos os nossos produtos, as nossas colheitas novas para os clientes deles e para os consumidores dos clientes deles, ou seja, para os restaurantes e para quem vai aos restaurantes do Algarve”, disse ao POSTAL Diogo Albino, produtor do vinho regional alentejano Torre do Frade.

Vasco Duarte, membro da organização, disse ao POSTAL que “este é um evento sempre exclusivamente trade e esta é a primeira vez que o consumidor final que vai aos bares e vai às discotecas pode entrar e pode consumir”. Este evento foi, pela primeira vez, aberto ao público.

No entanto, esta 7ª edição não é apenas diferente por ter o consumidor final presente. É também devido ao local em que este se realiza “é a primeira vez que estamos a sair dos hotéis, que estamos a sair do privado e estamos a vir para o meio de uma cidade, para o meio das pessoas…”, acrescenta Vasco Marques.

As paredes do Museu Municipal de Faro ganharam vida e os claustros encheram-se de cor e de pessoas das mais variadas partes do mundo, uma vez que os participantes no evento eram na sua maioria nacionais, mas os seus visitantes eram na sua maioria turistas internacionais.

Este ano a Garrafeira Soares decidiu sair da sua zona de conforto

Este ano a Garrafeira Soares decidiu arriscar e sair da sua zona de conforto e para isso teve de organizar tudo para que nada faltasse aos participantes. “Estamos habituados a estar em meios em que basicamente nos oferecem tudo e nos asseguram toda a logística de um evento destes. Este ano não tivemos isso. Tivemos de ser nós a assegurar este tipo de operações logísticas como trazer gelo, trazer água, trazer champanheiras, cuspideiras para todos os parceiros para não faltar absolutamente nada a ninguém”, afirmou ainda Vasco Duarte.

Em termos de adesão “este ano superou as expectativas”, acrescenta Vasco, “é largamente o evento com maior adesão de sempre. O ano passado tivemos cerca de 3500 pessoas e tínhamos cerca de 2000 convidados confirmados e este ano já ultrapassamos as 5000 confirmações”.

No que toca à segurança foi o primeiro evento, em sete edições, que necessitou de segurança para que ninguém corresse riscos, tanto aqueles que fazem o evento, como os que o visitam.

O Algarve Trade Experience foi um sucesso e provas não faltam, “não fica atrás de qualquer feira de vinhos que se faça em Lisboa ou no Porto, portanto isto tem um nível até mesmo internacional”, rematou Diogo Albino ao POSTAL.

Falar de vinhos e bebidas, provar e conhecer, num ambiente divertido e cultural, foi um dos muitos objetivos desta que é a maior feira de bebidas do Algarve.

(Eunice Silva / Cristina Mendonça)

Facebook Comments

Comentários no Facebook