Voo da TAP já foi cancelado. Aeroporto atingiu reservas de emergência de...

Voo da TAP já foi cancelado. Aeroporto atingiu reservas de emergência de combustível

1655
PARTILHE
O fornecimento de combustível está suspenso, pelas empresas petrolíferas, desde ontem à noite (Foto: D.R.)

Os motoristas de matérias perigosas estão em greve há mais de 24 horas. O protesto começou às 00h desta segunda-feira e é liderado pelo Sindicato Nacional de Motoristas de Matérias Perigosas (SNMMP). Na base da contestação está a reivindicação pelo reconhecimento de uma categoria profissional específica. Esta greve não tem, até ao momento, um fim definido.

São vários os serviços que estão a ser afetados por esta contestação, como é o caso de postos de abastecimento de combustível e serviços aéreos.

A ANA Aeroportos de Portugal informa que no Aeroporto de Faro já foram atingidas as reservas de emergência, estando o fornecimento de combustível suspenso, pelas empresas petrolíferas, desde ontem à noite.

No Aeroporto Humberto Delgado prevê-se a mesma interrupção de abastecimento de combustível, pelas empresas petrolíferas, a partir de hoje às 12h.

“Não tendo sido assegurados os serviços mínimos, e em função do tempo necessário para a requisição civil ter efeitos práticos, os nossos aeroportos podem ter disrupções de serviço ao nível operacional”.

Os passageiros com voos nos aeroportos de Lisboa e Faro devem informar-se junto das companhias aéreas.

A ANA, “sendo totalmente alheia a esta situação, lamenta o transtorno causado aos passageiros e espera que a situação seja resolvida com a máxima urgência pelas autoridades competentes”.

A TAP já cancelou, esta terça-feira, um voo Lisboa-Faro devido à falta de combustível.

Saiba mais informação em: Algarve sem combustíveis

(Stefanie Palma / Cristina Mendonça)

Facebook Comments

Comentários no Facebook