NERA exige as mesmas garantias de abastecimento que Lisboa e Porto

NERA exige as mesmas garantias de abastecimento que Lisboa e Porto

720
PARTILHE
Vítor Neto quer ação imediata do Governo (Foto D.R.)

Vítor Neto, presidente da direção do NERA – Associação Empresarial da Região do Algarve – na sequência da greve nacional dos camionistas das empresas de transporte de combustíveis, apela ao Governo para que atribua de imediato ao Algarve as mesmas garantias de abastecimento de combustíveis decididas para outras regiões do país, nomeadamente, Lisboa e Porto.

Segundo um documento enviado há pouco para as redações intitulado Declaração do Presidente da Direção do NERA sobre a Greve dos Camionistas, “está em jogo a atividade económica de toda a Região num período particularmente importante do ano. Já são visíveis os prejuízos causados. É urgente travar este processo”.

“Estamos a falar dos residentes da Região, dos milhares de turistas que se deslocam ao Algarve neste período e na atividade de centenas de empresas dos mais variados setores que garantem o funcionamento dos setores da economia, relacionados com o Turismo” salienta Vítor Neto, acrescentando que “o Governo não pode fugir às suas responsabilidades. Deve utilizar todos os meios legais à sua disposição para defender o interesse comum, da Região e do país”.

A declaração do NERA conclui que “irá prosseguir a ação que tem vindo a conduzir junto dos órgãos institucionais da Região e do Governo”.

Facebook Comments

Comentários no Facebook