Foram hoje concluídas as obras urgentes de requalificação na Ponte do Almargem

Foram hoje concluídas as obras urgentes de requalificação na Ponte do Almargem

1834
PARTILHE
A ponte sobre a ribeira de Almargem reabriu hoje ao trânsito nos dois sentidos (Foto José Vitorino D.R.)

As obras de reabilitação da ponte sobre a ribeira de Almargem, entre Tavira e a Conceição de Tavira já estão concluídas.

Segundo Jorge Botelho, presidente da Câmara Municipal de Tavira, “a obra tinha um prazo de construção de seis meses, por isso era para ter terminado no dia 31 de março e terminou hoje de acordo com o previsto, pois o que me tinham dito é que a obra terminaria hoje, dia 18. A 125 foi liberta desde a hora do almoço. Já não existem constrangimentos na via”.

“A Ponte do Almargem tinha um defeito estrutural grave, já tinha muito tempo. Esta foi uma obra de emergência no âmbito da requalificação da nacional 125 e representou um investimento de meio milhão de euros por parte das Infraestruturas de Portugal. Isto quer dizer que para este volume para uma ponte daquele tamanho, é percetível o quão degrada estava. As pessoas não se apercebiam, porque passavam por cima e parecia-lhes mais ou menos, mas na parte de baixo estava em muito más condições. Foi, portanto, reparada, levou seis meses e hoje o tráfego voltou à normalidade. Aliás, a ponte já estava reaberta de um lado ou de outro, e agora já está nos dois sentidos sem nenhum constrangimento”, afirmou o edil.

O autarca referiu ainda que a conclusão da obra “tem quinze dias de atraso em relação ao prazo inicial que era de seis meses. Como a Câmara não é a dona da obra, não sei se esse atraso foi aprovado, agora sendo certo que as Infraestruturas de Portugal disseram que o prazo de terminar a obra era 18 abril e, portanto, cumpriram o prazo em relação ao que me disseram”.

Quanto a futuras obras no concelho de Tavira, o autarca disse ao POSTAL que “lançámos vários concursos de pavimentações em Tavira. A próxima vai ser na Luz de Tavira. Outra obra que já foi lançada foi a pavimentação de toda a freguesia da Conceição, num montante de obra de 1 milhão e 400 mil euros. Estamos também a lançar o concurso para as repavimentações na cidade de Tavira. A partir de agora há um conjunto de obras a avançar”.

Por fim, concluiu dizendo que “o cais provisório para o acesso à Ilha de Tavira também já foi colocado. A partir de ontem, 17 de abril, retomaram as carreiras regulares para a Ilha de Tavira, o que estava previsto para esta altura da Páscoa, mas que também teve algum atraso, nomeadamente de 15 dias. O acesso provisório à ilha foi restabelecido, enquanto o cais definitivo está ainda em intervenção”.

(Stefanie Palma / Henrique Dias Freire)

Facebook Comments

Comentários no Facebook