Vítima de burla escreve carta aberta a criminosos

Vítima de burla escreve carta aberta a criminosos

3293
PARTILHE
Rita Tavares pretende alertar outras possíveis vítimas e apelar à consciência dos burlões (Foto D.R.)

Rita Tavares, vítima recente de burla imobiliária, tal como o POSTAL noticiou há dois dias, escreveu uma carta aberta aos criminosos que a burlaram.

A lesada pretende, desta forma, chegar ao casal que a burlou, apelando a todos a partilha do seu testemunho.

Que no caos possamos semear consciência

“Olá “Ana”e “João”,

Agora que as minhas emoções já acalmaram, já posso partilhar o que sinto com mais clareza.

Foram dias tristes para mim estes que precederam a situação do aluguer falso. O dinheiro é algo que é muito instável na minha vida. Sempre foi assim. Já estou habituada… Esforcei-me bastante para cumprir o que era necessário e fiquei feliz por conseguir reuni-lo para vos entregar. Mas afinal a vossa intenção era outra e fiquei sem dinheiro para a renda da casa onde vivo actualmente. Eu tenho de facto 2 filhas e uma é pequenina… No meio disto tudo tive muita sorte, porque o dono da casa onde estou tem um coração muito bom e entendeu a situação, facilitando a minha permanência aqui… anjos no nosso caminho. A vida é mesmo assim… tira com uma mão e dá com a outra.

Foi muito doloroso sentir este aperto no coração. Sabem… nem foi pelo dinheiro que escasseia… foi por sentir todos os meus valores postos em causa… Não é fácil para mim ver certas coisas. Eu acredito que a nossa essência é luminosa. De todos, sem excepção. Apenas a vida e os seus dissabores nos fazem criar capas que esconde essa nossa luz e corrompem quem realmente somos. Quando coisas assim acontecem o meu coração fica destroçado por entender como tantas pessoas estão afastadas do que realmente são. Dói ver a total desconexão com o outro… coloquei-me muito em causa também… deveria ser mais cuidadosa e perceber que aqui na terra, muitos operam por interesse próprio e não com o coração, mais uma vez, porque não se recordam da sua essência de amor.

Sabem… eu acredito que estamos todos ligados. A separação é uma ilusão. “Cada um por si” na realidade não existe. O que eu faço ao outro estou a fazer a mim mesmo. E isto não tem a ver com moralismos ou religião. É uma crença que está muito enraizada no meu ser. Nós somos todos o mesmo. E quando partirmos daqui, existe toda uma nova perspectiva do que é isto a q chamamos vida. Para mim isto é só uma pequena experiência para aprendermos coisas.

Não guardo os maus sentimentos em mim porque é muito destrutivo. Prefiro sempre olhar para o que aprendi com a situação. Não foi fácil… por momentos pensei que para viver neste mundo teria de corromper a minha essência que é pacifica, compassiva de confiança. Eu não sei ser assim. Mas de uma certa forma vocês ajudaram-se a ver certas coisas na minha vida de uma outra perspectiva. Tudo o que parece “feio” se olharmos de perto, traz alguma lição preciosa. E isso é o que realmente importa. Agradeço pela lição.

Espero do fundo do coração que vocês se possam reencontrar com a vossa luz interior e encontrem outras formas de serem felizes, olhando também o outro. O dinheiro não é o melhor que temos para viver aqui (apesar de parecer). Descobrir quem somos por de trás das capas e oferecermos a nós e ao resto do mundo o melhor de nós… isso sim vale a pena…não existe dinheiro que pague viver com essa expansão de paz e amor no coração todos os dias. Espero que a vida vos ajude a encontrar esse caminho.

Abraço e até um dia.

Rita”

SAIBA MAIS: Vítima de burla imobiliária em Lagos

(Andrea Camilo / Cristina Mendonça)

Facebook Comments

Comentários no Facebook