Advogado de Tavira culpa amigo por burla a produtor

Advogado de Tavira culpa amigo por burla a produtor

4254
PARTILHE
O advogado de Tavira assumiu que causou um prejuízo enorme a Viv Thomas (Foto D.R.)

Libertário Teixeira começou, esta terça-feira, a ser julgado no Tribunal de Faro por burla a vários clientes. Entre as vítimas está Viv Thomas, produtor de filmes para adultos, e o advogado tavirense atribuiu as culpas do desvio das verbas a um amigo, também arguido no processo.

As verbas em causa terão sido entregues ao advogado por clientes que pretendiam regularizar dívidas ao Fisco, como aconteceu com o produtor de filmes pornográficos.

No total, Libertário Teixeira, Rui Ferreira e a mulher deste, são acusados de desvios de verbas no valor de cerca de 800 mil euros. Destes, 450 mil pertenciam a Viv Thomas.

Na primeira sessão do julgamento em curso, Libertário alegou que era o amigo, Rui Ferreira, quem se tinha comprometido a resolver o pagamento das dívidas. Também Rui Ferreira foi ouvido ontem, garantindo que foi Libertário quem entrou em contacto consigo inicialmente para concluir a venda de um resort em Olhão. Depois deste negócio, Rui diz que o advogado lhe pediu para resolver o pagamento de dívidas de alguns clientes, afirmando que não recebeu dinheiro da parte de Libertário.

Sobre Viv Thomas, o advogado Libertário Teixeira admitiu: “Causei-lhe um prejuízo enorme. Um dia vou pedir-lhe desculpas.”

O julgamento continua hoje, 22 de maio, no Tribunal de Faro, com a audição de Alice Dias.

(Andrea Camilo / Henrique Dias Freire)

Facebook Comments

Comentários no Facebook