Bilhetes para o espetáculo “Autismo Solidário” já estão à venda

Bilhetes para o espetáculo “Autismo Solidário” já estão à venda

293
PARTILHE
As entradas custam cinco euros e podem ser adquiridos na bilheteira do TEMPO (Foto: D.R.)

Os bilhetes para o espetáculo “Autismo Solidário”, que se realiza no próximo sábado, 25 de Maio, pelas 21:30 horas,  no TEMPO – Teatro Municipal de Portimão já se encontram à venda.

O elenco do concerto é composto pelo Grupo Coral Adágio, Banda da APPDA – Algarve e os fadistas João Paulo Marques, a grande voz alentejana, e as duas conhecidas vozes portimonenses Maria Saudade e Joana Rato, acompanhados à guitarra por Jorge Silva e Gilberto Silva, viola.

A APPDA – Algarve é uma instituição particular de solidariedade social, sem fins lucrativos, que tem como finalidade apoiar e promover a formação, a educação e a qualidade de vida das pessoas com perturbações de desenvolvimento e autismo. A Associação Portuguesa para as Perturbações do Desenvolvimento e Autismo do Algarve nasceu da iniciativa de um grupo de pais empenhados em criar uma estrutura de apoio às pessoas que sofrem deste tipo de perturbações, tendo sido oficialmente constituída no dia 25 de Agosto de 2006.

O autismo é uma perturbação do desenvolvimento global das funções cerebrais que, regra geral, se manifesta nos primeiros três anos de vida e impede a pessoa de organizar e compreender a informação que é transmitida pelos sentidos. Esta alteração cerebral apresenta as seguintes características principais: défice na interação social, défice na comunicação verbal e não verbal, défice da imaginação/capacidade simbólica, interesses e atividades limitados. Estas características manifestam-se em cada pessoa de formas e intensidades diversas, o que dá origem a um leque muito variado de situações enquadráveis no diagnóstico das Perturbações do Espectro do Autismo.

As entradas custam cinco euros e podem ser adquiridas na bilheteira do TEMPO, junto da Associação Portuguesa para as Perturbações do Desenvolvimento e Autismo Algarve, e, ainda, através do telemóvel 931 358 717 (Adérito Alvo).

(CM)

Facebook Comments

Comentários no Facebook