Faro tem aeroporto que menos cresceu mas lidera no Reino Unido

Faro tem aeroporto que menos cresceu mas lidera no Reino Unido

580
PARTILHE
Faro é quem lidera em voos de/para o Reino Unido, com 855,1 mil passageiros, mais 81,1 mil que no primeiro quadrimestre de 2018 (Foto D.R.)

Dados dos cinco maiores aeroportos portugueses geridos pela ANA/Vinci indicam um crescimentos a dois dígitos nos cinco maiores aeroportos portugueses, neste primeiro quadrimestre. Mesmo assim, Faro foi quem registou o menor aumento com 10,5%. A liderar encontra-se Lisboa com 29%, Porto com 13,5%, Ponta Delgado com 19,8% e Funchal com 11,8%, segundo avançou a Presstur.

Em Portugal, o Reino Unido passou a ser a primeira origem/destino internacional, ultrapassando a França por cerca de 70 mil, com um crescimento de cerca de 14,5%, significando um aumento de 280,5 mil, com o qual foi ultrapassada a marca de dois milhões, com 2,2 milhões.

Faro lidera voos com Reino Unido

Faro é quem lidera em voos de/para o Reino Unido, atingindo um total de 855,1 mil no fim de abril, mais 81,1 mil que no primeiro quadrimestre de 2018. Consolidando a liderança das origens/destinos a grande distância, a Alemanha encontra-se na segunda posição ao somar 241,6 mil passageiros, um aumento em de 36 mil, ou seja 17,5%.

Em Lisboa, os voos de/para aeroportos do Reino Unido somaram 833,8 mil passageiros, mais 138,8 mil que há um ano, e assim o Reino Unido ultrapassou a Alemanha no ranking das origens/destinos internacionais, subindo a nº 3, depois de França e Espanha.

No Porto, o Reino Unido também ultrapassou a Alemanha no ranking das maiores origens/destinos internacionais, ao registar um crescimento em 13,5%, que significou um aumento de 38,4 mil passageiros, atingindo um total de 324,1 mil.

O 4º maior aeroporto português em passageiros de voos de/para o Reino Unido é o Funchal, com praticamente 200 mil no quadrimestre (199,88 mil), representando um aumento em 11,8% ou 21,1 mil e a consolidação das rotas britânicas como as que geram mais passageiros no Aeroporto da Madeira.

Já em Ponta Delgada, o Reino Unido é apenas a 4ª principal origem/destino internacional de passageiros, com 6,5 mil no quadrimestre, depois de Estados Unidos, Canadá e Alemanha, mas é a que tem o aumento mais forte, em 19,8% ou cerca de 1,1 mil.

Facebook Comments

Comentários no Facebook