“Maré vermelha” interdita banhos em praias do Algarve durante vários dias

“Maré vermelha” interdita banhos em praias do Algarve durante vários dias

12034
PARTILHE
Decisão de interdição foi tomada devido ao potencial risco para a saúde dos frequentadores das praias afetadas (Foto D.R. Tiago Duro)

As praias entre a Ilha do Farol e Vilamoura estão interditadas a banhos devido a uma concentração de uma alga marinha que pode ser perigosa para a saúde, disse hoje o diretor regional do Ambiente, avança o EXPRESSO.

“Foi detetada no domingo uma densidade significativa de uma espécie de alga vermelha que pode ser perigosa para a saúde pública, tendo sido decidido, em conjunto com a autoridade de Saúde, desaconselhar os banhos numa vasta área entre a Ilha do Farol e Vilamoura”, disse à agência Lusa o diretor regional da Agência Portuguesa do Ambiente (APA).

De acordo com José Pacheco, “não é para já conhecida a espécie em questão, tendo sido recolhidas amostras para análises, cujo resultado só será conhecido dentro de alguns dias”.

“Por precaução foi decidido solicitar à Autoridade Marítima Nacional a interdição de banhos nas praias algarvias onde se verifica uma maior densidade daquele organismo marinho que provoca uma mancha vermelha”, sublinhou.

O responsável regional da APA admitiu que outras praias podem ser afetadas nas próximas horas ou dias, uma vez que a mancha vermelha está a deslocar-se para o barlavento do Algarve, “verificando-se já uma concentração perto da praia da Rocha Baixinha, no concelho de Albufeira, estando a monitorização a ser feita em permanência”.

Neste vídeo publicado no Twitter por Alexander Christoph, um especialista em economia digital alemão de férias no Algarve, é possível ver como a mancha vermelha se estende desde por uns metros a partir da costa (D.R.)

José Pacheco acrescentou que a interdição irá manter-se até que estejam asseguradas todas as condições de segurança para a saúde pública: “Não temos qualquer prazo previsto para que a situação fique normalizada”.

Por seu turno, fonte da Autoridade Marítima Nacional disse à Lusa que as praias começaram a hastear as bandeiras vermelhas no domingo, dia em que foi efetuado o alerta “a desaconselhar o banho de mar” por parte da entidade gestora do ambiente.

Facebook Comments

Comentários no Facebook