Pulseira eletrónica para suspeito de violência doméstica em Lagos

Pulseira eletrónica para suspeito de violência doméstica em Lagos

1629
PARTILHE
Suspeito agredia, injuriava e ameaçava a sua esposa (Foto D.R.)

O Comando Territorial de Faro da GNR, através do Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas (NIAVE), deteve esta quinta-feira, 6 de Junho, um homem, com 42 anos, por violência doméstica, no concelho de Lagos.

Durante uma investigação pelo crime de violência doméstica, que decorria há três dias, a GNR apurou que “o suspeito, na presença da filha de 13 anos, agredia, injuriava e ameaçava a sua esposa, de 41 anos, dizendo-lhe que a regava com álcool e lhe ateava fogo”.

No seguimento das diligências de investigação os militares deram cumprimento a um mandado tendo-se apresentado o detido hoje, 7 de junho, ao Tribunal Judicial de Lagos.

O agressor ficou sujeito às medidas de coação de proibição de contacto com as vítimas, sendo ainda controlado eletronicamente (pulseira eletrónica) e obrigação de frequentar sessões de desintoxicação de produtos estupefacientes.

(CM)

Facebook Comments

Comentários no Facebook