CRESC ALGARVE 2020 atinge 24,7% de execução em junho

CRESC ALGARVE 2020 atinge 24,7% de execução em junho

904
PARTILHE
ETAR de Faro – Olhão e Sistema Elevatório de Olhão, projeto financiado pelo PO SEUR
(Foto D.R.)

A Comissão Diretiva do Programa Operacional CRESC ALGARVE 2020 divulgou a lista das 852 operações aprovadas até 30 de junho, as quais representam uma taxa de execução de 24,7%, com um custo elegível de 114 milhões de euros.

As taxas de aprovação e de execução dos fundos da União Europeia no Algarve cifram-se “em 70,86% e 26,33% (FEDER – Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional) e 46,39% e 20,86% (FSE – Fundo Social Europeu), respetivamente, em linha com os demais programas operacionais regionais”, refere a CCDR Algarve em comunicado de imprensa.

Com o objetivo de garantir a total transparência na atribuição dos Fundos da União Europeia na região, “o CRESC ALGARVE 2020 partilha regularmente com todos os cidadãos a informação relativa aos projetos apoiados”.

Neste momento, está disponível para consulta pública a listagem dos projetos aprovados até 30 de junho, no âmbito do CRESC Algarve2020 e nos termos do acordo de parceria Portugal2020, no sítio na internet do Programa Operacional Regional AQUI.

Até 31 de dezembro de 2018, no conjunto dos diversos programas incluídos no Acordo de Parceria Portugal 2020 (PO SEUR – Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso dos Recursos, PO MAR 2020, PDR 2020 – Programa de Desenvolvimento Rural 2014-2020 e Interreg España – Portugal), a região do Algarve contava com 1.625 operações aprovadas, no valor aproximado de 317 milhões de euros de fundos aprovados.

Em termos de volume financeiro, depois do PO CRESC Algarve 2020, que já havia aprovado 189,5 milhões de euros (relativos a 790 operações) naquela data, destaque-se o PO SEUR com 69 operações aprovadas e 65,2 milhões de Euros de fundos alocados ao Algarve.

(CM)

Facebook Comments

Comentários no Facebook