Doente a soro deitada no chão do Hospital de Faro “incendeia” redes...

Doente a soro deitada no chão do Hospital de Faro “incendeia” redes sociais

7128
PARTILHE
A foto de uma senhora, que residirá em Olhão, deitada no chão a receber soro gera grande discussão e indignação (Foto D.R.)

Um post publicado no Perfil de Facebook de Jorge Kalukembe às 18:48 de ontem, literalmente, “incendiou” as redes sociais. Em pouco mais de 12 horas, já tinha quase 2 mil comentários, além de mais 6 mil partilhas e 2 mil gostos.

Última atualização às 02:10 a 21.7.2019

A foto é de uma senhora, que residirá em Olhão, deitada no chão a receber soro, com a seguinte legenda:

HOSPITAL FARO – JÁ CHEGA PORTUGUESES? Vão continuar acreditar no Portugal cor-de-rosa e vermelho? Tenho a esperança na sabedoria de uma Nação quase Milenar! Relato da pessoa:

“Esta Sra. desde hoje de manhã que está “internada” no Hospital de Faro, conforme ordens do médico! Como não há camas nem macas, vê-se esta vergonha de ter que estar no CHÃO à espera!!! Tirei esta foto com expressa autorização da doente às 16h53 de hoje. Amo muito o meu País, mas nestas alturas sinto vergonha de ser Portuguesa!!!”

Dos comentários, a indignação é grande com discussões “acesas”. Uns lamentam às condições de acesso à saúde, mas são muitos que manifestam a sua revolta contra o Post que dizem ser uma “Fake News”.

O próprio SINTAP Algarve, do Sindicato dos Trabalhadores da Administração Pública e de Entidades com Fins Públicos, em solidariedade com o CHUA, publicou a Nota de Esclarecimento do Centro Hospitalar Universitário do Algarve, logo às 7:02 da manhã, que diz que tal situação não corresponde à verdade.

No entanto, e após a chamada de atenção de um leitor do POSTAL às 14:10, a nossa redação confirma que o próprio SINTAP já retirou o POST que aqui reproduzimos “depois de verificar-se que foi autêntico o sucedido”, diz o nosso leitor em comentário ao Post desta notícia, partilhada na Página de Facebook do POSTAL.

Não faltam comentários a duvidar da autenticidade do Post ou a “condenar” a atitude da doente que terá, assim, “engendrado este esquema” para passar à frente de outros doentes:

  • “Estranho a receber soro e o braço dobrado além do que o soro é posto na dobra do braço”.
  • “Foi ela que mentiu para passar a frente porque não queria esperar”
  • “Foi ela que se deitou no chão, para a foto, para passar a frente de quem está mais doente. Não gostou da espera”
  • “Amiga, foi ela que se deitou no chão e tirou a foto. Depois, chamou a imprensa e em meia hora foi atendida. Ela é brasileira e chama-se Janaina Assunta, mas encontras a resposta dela e confirmação do que digo na página de uma amiga Lily Petrova”
  • “Atenção!!! Depois de ter chamado atenção dos média e das redes sociais, imediatamente foi-lhe arranjado uma cama. Os hospitais para além de fazerem um péssimo serviço de saúde, ocultam graves problemas”
  • “Eles não tinham macas… Mas tentaram pelo menos dar lhe algum conforto…”
  • “Depois pelo que li no Facebook da doente, de resto, foi bem assistida… Foi internada e com ótimos profissionais…”
  • “Acho escusado isto… Pior era se tivesse sido posta de parte ou mal assistida… Se são condições para ter um doente? Não, mas se calhar as macas estavam ocupadas com doentes mais graves e não chegavam para todos…”
  • “Há casos mais graves e, como a pulseira indica, não era prioritário… É sabido que o hospital de Faro e um caos. Aqui, o importante, é a pessoa ter sido bem atendida, bem reencaminhada e bem medicada! Chamo a isto pobreza de espírito… Primeiro, agradeça por estar livre de perigo, que é o mais importante!

Entretanto, às 18:26, o Polígrafo confirmou não se tratar de Fake News, conforme o POSTAL adiantou em primeira mão.

O Polígrafo refere que: “De facto, a senhora em causa, uma cidadã brasileira chamada Janaine Assunta, fez-se fotografar ontem, sexta-feira, naquelas circunstâncias enquanto aguardava por uma decisão clínica relativamente ao seu caso. Mas isso leva-nos a uma segunda questão: porque é que Janaine, que acabou mesmo por ficar internada no hospital, se encontra naquela situação? Terá sido por insuficiência de meios do Hospital de Faro? Por indicação de um qualquer profissional de saúde? Tudo indica que não”.

Confirme a avaliação do POLÍGRAFO no seguinte link:

https://poligrafo.sapo.pt/fact-check/4773

Ontem, às 12:37, a paciente, Janaina Assunta, do CHUA partilhava o seguinte Post na sua cronologia:

Às 17:02, outro Post dela dizia que estava internada desde das 10 da manhã:

Às 22:24, Janaina informava que já estava num “quarto maravilhoso”:

Hoje, às 11:40, publicava 3 fotos como forma de “provar” que se encontrava hospitalizada:

E às 11:43 desta manhã, Janaina lamenta “ter que brigar por direitos que deveriam ser atribuídos sem complicações”:

NOTA DA DIREÇÃO DO POSTAL:

Da notícia publicada pelo POSTAL, vários e diferentes estão a ser os comentários e as opiniões, pelo que se informa, a bem da verdade, que o POSTAL avançou com a notícia só depois de ter tido a confirmação de dois profissionais de saúde do CHUA.

E, após a publicação da notícia, mais 3 profissionais do hospital confirmaram-nos que a senhora esteve no CHUA e dos cinco alguns confirmaram que a senhora esteve de fato deitada, mas por iniciativa própria.

Felizmente que há profissionais honestos intelectualmente ou que pelo menos não se colocam no papel da fácil difamação, o que, por alguns comentários aqui escritos, contrasta com outros profissionais.

Infelizmente, todos eles pediram-nos para não serem identificados… talvez agora se perceba porquê…

https://www.facebook.com/groups/portimaosempre/permalink/2550028735027760/

Facebook Comments

Comentários no Facebook