Polícia Marítima apreende 600 quilos de polvo em VRSA

Polícia Marítima apreende 600 quilos de polvo em VRSA

334
PARTILHE

A Polícia Marítima de Vila Real de Santo António realizou uma ação de fiscalização, na passada segunda-feira, 29 de julho, entre as 5 e as 12:30 horas. A operação esteve centrada na pesca comercial, com especial atenção às espécies que se encontram sob proteção, com restrições de captura e em defeso como bivalves, sardinha e polvo, tendo resultado na apreensão de cerca 600 quilos de polvo.

A captura de polvo na costa algarvia é proibida ao fim de semana (Fotos D.R.)

As autoridades fiscalizaram duas embarcações de pesca comercial, sendo que uma delas, de segmento do arrasto com portas, se encontrava em infração “por ter efetuado uma viagem de pesca que decorreu durante todo o fim-de-semana, dirigida à captura de polvo, espécie que se encontra protegida pela proibição de captura no referido período de tempo, e por preencher o Diário de Pesca Eletrónico da embarcação de forma deficitária”, explica a Autoridade Marítima em comunicado.

Desta ação resultou a apreensão de cerca de 600 quilos de polvo-vulgar (Octopus Vulgaris) como medida cautelar de polícia, tendo sido lavrado o auto de notícia que deu origem à instauração do respetivo processo de contraordenação, com a previsibilidade de punição com uma coima que vai dos 600 aos 37.500 euros.

Infratores incorrem numa coima que vai dos 600 aos 37.500 euros

A operação de fiscalização contou com a participação de quatro elementos da Capitania do Porto e do Comando-local da Polícia Marítima, assim como com a embarcação de alta velocidade da Polícia Marítima “ODECEIXE” e uma viatura todo-o-terreno.

(CM)

Facebook Comments

Comentários no Facebook