Proteção Civil de Olhão alerta para risco acrescido de incêndios rurais

Proteção Civil de Olhão alerta para risco acrescido de incêndios rurais

332
PARTILHE

Na sequência das previsões do Instituto Português do Mar e da Atmosfera para a região para os próximos dias, de continuação de tempo quente e seco, com fraca ou má recuperação noturna da humidade relativa do ar em todo o território, vento do quadrante Leste até sábado e possibilidade de condições atmosféricas propícias a comportamentos erráticos dos incêndios, dificultando o seu controlo, a Proteção Civil Municipal de Olhão alerta “para o risco acrescido de ocorrência de incêndios rurais entre hoje e domingo”.

IPMA prevê para os próximos dias a continuação de tempo quente e seco (Foto D.R.)

Alerta-se, assim, para o facto de estarem reunidas “condições favoráveis à propagação de incêndios rurais na eventualidade de se verificarem ignições do material lenhoso, uma vez que o país atravessa um já longo período de seca e, além disso, existe grande quantidade de material combustível acumulado e suscetível de arder rápida e violentamente nos espaços florestais”.

Face ao quadro meteorológico traçado e aos efeitos expectáveis que dele decorrem, “é importante adequar e ajustar os comportamentos ao risco de incêndio florestal, bem como adotar as medidas preventivas apropriadas, com vista a evitar ocorrências associadas a incêndios rurais”.

Assim, é proibido:

– Fazer queimadas extensivas ou de amontoados sem autorização;

– Utilizar fogareiros e grelhadores em todo o espaço rural, salvo se usados fora das zonas críticas e nos locais devidamente autorizados para o efeito;

– Fumar ou fazer qualquer tipo de lume nos espaços florestais;

– Lançar balões de mecha acesa e foguetes. O uso de fogo-de-artifício só é permitido com autorização da Câmara Municipal;

– Fumigar ou desinfestar em apiários, exceto se os fumigadores tiverem dispositivos de retenção de faúlhas;

A Proteção Civil Municipal lembra, também, que “é obrigatório usar dispositivos de retenção de faíscas e de tapa-chamas nos tubos de escape e chaminés das máquinas de combustão interna e externa, nos veículos de transporte pesados, e 1 ou 2 extintores de 6 Kg, consoante o peso máximo seja inferior ou superior a 10 toneladas”.

(CM)

Facebook Comments

Comentários no Facebook