Enfarte obriga presidente a recuperar em casa onde agradece a todos

Enfarte obriga presidente a recuperar em casa onde agradece a todos

1914
PARTILHE
No recanto do seu lar, pode-se ver, além de um sorriso de boa disposição, jornais e revistas, bem como o emblemático livro “O Presidente Desapareceu”, obra literária assinado por James Patterson, autor que mais vezes liderou a lista de ‘bestsellers’, e pelo ex-Presidente dos Estados Unidos Bill Clinton (Foto D.R.)

Depois de ter tido alta hospitalar três dias depois de ter entrado de urgência na Unidade de Cardiologia do Hospital de Faro, o presidente da Câmara Municipal de Tavira, Jorge Botelho, agradeceu, hoje via Facebook, as várias centenas de manifestações de solidariedade.

“Agora que o pior já passou, quero agradecer a todos os que, de uma forma ou de outra, manifestaram grande preocupação, enorme solidariedade e profunda amizade para comigo, diretamente ou através da Minha família”, escreveu Jorge Botelho manifestamente sensibilizado.

“Senti a força do vosso apoio. Tive um enfarte agudo do miocárdio. No futuro, terei obrigatoriamente de alterar alguns hábitos” confessa.

Serviço Nacional de Saúde ao serviço das pessoas

Faz igualmente o agradecimento público aos Bombeiros Municipais de Tavira, ao INEM e à equipa da SIV que o assistiram, bem como, aos enfermeiros do serviço de cardiologia do Hospital de Faro e aos seus médicos cardiologistas, “especialmente à Drª Joana Moura Ferreira, Dr. Nuno Marques e ao Dr. Hugo Vinhas. Salvaram-me a vida. Verifiquei e sou testemunha do nível de excelência profissional do serviço de Cardiologia do Centro Hospitalar e Universitário do Algarve”

Na imagem que partilhou, no recanto do seu lar, pode-se ver, além de um sorriso de boa disposição, jornais e revistas, bem como o emblemático livro “O Presidente Desapareceu”, obra literária assinado por James Patterson, autor que mais vezes liderou a lista de ‘bestsellers’, e pelo ex-Presidente dos Estados Unidos Bill Clinton, que chegou às livrarias portuguesas no final do passado ano.

Jorge Botelho deixa ainda alguns agradecimentos especiais aos seus familiares: “agradeço à prima Augusta pelo incansável apoio e à Margarida [sua mulher] por ter cuidado de mim em todas as horas, sem deixar de apoiar a Maria e tomado a decisão de chamar de imediato o 112”.

O presidente da Câmara Municipal de Tavira e igualmente presidente da Comunidade Intermunicipal do Algarve (AMAL), que deu entrada no passado sábado nas urgências do Hospital Faro, diz que “agora [é] descanso obrigatório”, concluindo que regressará em breve.

MAIS EM: Presidente da Câmara de Tavira acaba de ter alta hospitalar

Jorge Botelho entrou na Cardiologia de urgência mas já passou para a enfermaria

Facebook Comments

Comentários no Facebook